IoT e o processamento de vidro — para onde vamos?

Atualmente, quase todos os novos dispositivos — de eletrodomésticos a equipamentos de produção — estão conectados. O rápido desenvolvimento dos eletrônicos de consumo tem evoluído para o uso industrial. Na indústria do vidro, este desenvolvimento ainda está em seus estágios iniciais. No entanto, já se pode ver claramente que os aplicativos da Internet das Coisas (IoT) possibilitam melhorar a eficiência e a qualidade da produção. Uma plataforma inteligente que utiliza IoT na indústria do vidro é a Glaston Insight. O sistema oferece ferramentas inteligentes para melhorar a produtividade, o tempo de produção e a rentabilidade das máquinas de processamento de vidro. Quando o IoT está integrado, as máquinas de tratamento térmico podem ser monitoradas on-line, o que permite um feedback imediato. Para uma revisão mais aprofundada dos benefícios fornecidos pela IoT a uma fábrica de processamento de vidro, você pode consultar um artigo anterior da Glastory: “ O que o acesso online aos meus dados de máquinas (IoT) tem a me oferecer?

Recursos avançados de geração de relatórios proporcionam visibilidade clara do seu processo de produção

Conhecer bem a sua produção é fundamental para aumentar a eficiência. Isso inclui a capacidade de processamento, consumo de energia, prazos de entrega, variações entre operadores e turnos … e a lista não acaba. Em muitos casos, no entanto, esses fatores não são claramente conhecidos ou fáceis de calcular. Felizmente, com a mais recente tecnologia existente, sua linha de temperamento poderá fornecer estas informações automaticamente! Com recursos de geração de relatórios estejam cada vez mais avançados, sua produção também fica mais avançada. Equipar sua fábrica com soluções de IoT significa que você sempre terá informações atualizadas disponíveis online. Com relatórios inteligentes, é fácil ver quais áreas de sua produção precisam ser desenvolvidas. Isso pode aumentar o rendimento, otimizar a capacidade ou evitar o excesso de processamento, para mencionar alguns.

Um futuro brilhante à frente – entre a bordo e desfrute dos benefícios

Embora tenhamos apenas arranhado a superfície das possibilidades que a IoT e a análise de dados inteligente tem a oferecer, os primeiros processadores de vidro a adotar as soluções IoT já estão colhendo os benefícios. Assim, a pergunta é o que o futuro reserva para a indústria de vidro com IoT sendo parte integral dela, e como podemos tornar as linhas de temperamento ainda mais inteligentes para aumentar a produtividade?

Quando cada vez mais máquinas se interconectam, os benefícios da rede começarão a ser notados. A Internet é um bom exemplo do efeito de rede — quanto mais usuários existem, mais conteúdo, serviços e valor são criados para os usuários individuais. A mesma lógica se aplica também ao processamento de vidro quando as máquinas estão em rede. A chave é poder tirar o máximo proveito da grande quantidade de dados — também conhecidos como big data – transformando todos os números em informações valiosas.

Big data pode ser definido como conjuntos de dados grandes e complexos que não pode ser manipulados com os aplicativos de processamento tradicionais. É por isso que o uso de big data no passado não foi muito eficaz. Agora, com o desenvolvimento tecnológico crescente, o uso de big data grandes está se tornando cada vez mais popular, também na indústria de processamento de vidro, e certamente será a próxima tendência. E com um número crescente de máquinas se conectando, a quantidade de dados coletada aumenta exponencialmente. E essas enormes quantidades de dados podem ser transformadas em informações valiosas com a análise de dados inteligente, permitindo processos de produção mais eficientes e rentáveis. Quanto mais dados coletados, mais valor eles podem oferecer a todas as máquinas conectadas.

Nas mãos dos processadores de vidro de vanguarda, a IoT pode dar forma a resultados significativos na indústria do vidro. São eles os que ousam interromper processos operacionais tradicionais ao integrar tecnologias inovadoras antes dos demais.

E você, vai estar na vanguarda para tirar proveito da IoT?

Quer saber mais?

Inscreva-se no boletim informativo da Glastory

Compartilhar esta história

Sobre o autor